Tradutor

terça-feira, 19 de abril de 2011

Mulher Fumaça

Distante e de pouco contato, mas o suficiente pra fazer com que não te esqueça
Vejo seu rosto, eterizado na foto em una pose, a olhar-me fixamete
Extenso em complexidade, catividade e beleza. Não pisca, não ri, não chora...mas o fazes quando quer
E parece que adora o meu olhar admirado, confuso por sobre a tela
sem saber quando, ou se ainda vou te ter
Apareceste feito cometa, raro, belo, fugaz
Te fixei em mim como uma estrela. Radiante, excetrica em forma e beleza,
quase eterna
Espero por um futuro que pode até não vir
Mas fico aliviado em saber q n me arrependerei por n ter tentado

Mulher Fumaça.....

Um comentário:

  1. Meu irmão é um grande poeta!
    Te admiro negão!!

    ResponderExcluir